5 formas de enviar ou receber dinheiro do exterior

5 formas de enviar ou receber dinheiro do exterior

Saiba como transferir suas remessas de forma segura e descomplicada

Mora fora do país, está pensando em viajar por um longo período ou tem alguém lá fora precisando de uma ajudinha?

Existem diversas formas de transferir ou receber dinheiro do exterior, cada uma com vantagens e desvantagens, a depender de suas condições, taxas, facilidades etc.

Confira cinco maneiras de mandar ou receber remessas sem complicações:

1. Western Union

Uma das empresas mais conhecidas quando se fala em transações monetárias entre países diferentes, a Western Union permite que todo o processo seja feito de forma bem simples.

Uma das principais vantagens do serviço é não ser necessário que o beneficiário tenha conta em banco para receber o dinheiro, além de não pagar qualquer taxa para retirá-lo.

O depositante, que se responsabiliza por todas as taxas e comissões, deve apenas preencher um documento declarando quantia, local de destino e nome de quem receberá, e o valor estará disponível em menos de 24 horas em uma das das milhares unidades da empresa.

2. TransferWise

Outra opção que vem crescendo cada vez mais no mercado é a TransferWise. Conhecida pela sua praticidade, a solicitação é toda feita via website ou aplicativo, onde, após preencher todos os detalhes, será emitido um boleto. Após poucos dias após o pagamento, a remessa estará na conta do destinatário.

A plataforma também permite simulações para conferir o valor que será recebido já com as taxas.

3. PayPal

Pouca gente sabe, mas o famoso PayPal também pode ser um aliado na hora de enviar ou receber remessas do exterior.

O processo é simples e sem burocracias: basta ter uma conta na plataforma – associada com sua conta corrente local – e escolher a opção de envio de dinheiro. A partir daí, basta indicar o telefone ou o email do beneficiário e selecionar a quantia.

O recebedor será contatado pela empresa para definir os trâmites de entrega do montante.

4. Correios

Uma forma mais tradicional, para aqueles que preferem enviar o dinheiro em espécie, é o envio pelos Correios.

O depositante deve comparecer a uma agência de correios, deixar a quantia e indicar os dados do beneficiário, que será contatado via carta para receber o dinheiro pessoalmente. Neste caso, é importante saber quais países são conveniados com o Brasil e permitem o serviço.

5. Contas bancárias

Quando as duas partes possuem contas bancárias, a facilidade é ainda maior. É possível até fazer a transação via transferência bancária, como se fosse um simples TED.

Para isso, basta ter o número internacional da conta, conhecido como IBAN (que pode ser solicitado ao banco) e o envio é feito da mesma forma que as transferências locais.

A desvantagem, aqui, é que os bancos costumam ter taxas maiores que as opções mais modernas, mas vale comparar!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *